Burritos de Feijões Refritos com Guacamole, Salsa & Sour Cream

Burrito de feijões refritos

Essas últimas semanas eu estou numa fase comida mexicana. Tudo começou quando decidi fazer para o jantar os huevos rancheros que já há algum tempo eu não preparava. Matada a vontade, me deparei com uma pilha de tortilhas na geladeira e comecei a pensar no que faria com elas.

Burritos ou Tacos?

A embalagem da tortilha era ilustrada por algo que eu pensava ser um burrito e considerei prepará-lo. Mas então veio a dúvida: Será mesmo um burrito?

Percebi que não sabia ao certo o que era um burrito e o que o diferenciava de um taco e outros pratos mexicanos. Sabia que a base deles era tortilha recheada com alguma coisa. Sabia também que o taco ficava apenas dobrado e o burrito enrolado. Mas o que exatamente caracterizava um e outro, eu não tinha claro.

Comecei então a pesquisar a diferença entre eles e aprendi que uma delas é que o taco em geral é feito com tortilha de milho enquanto que o burrito com tortilha de farinha de trigo. A tortilha usada para o taco é em geral mais dura e menor, sendo que come-se mais de um taco para compor uma refeição enquanto que um burrito deve ser suficiente. Ainda temos as enchilhadas, os nachos, as fajitas, mas esses todos ainda são tema para mais pesquisas.

Burritos

A tortilha que eu tinha era de farinha de trigo e seria perfeita para os burritos que havia planejado inicialmente. O primeiro burrito que preparei fiz recheado com cogumelos. Ficou sensacional, mas como não fotografei, a receita dele virá em breve. Vou refazê-lo e ele será devidamente publicado aqui.

Outra dúvida que tinha era quanto ao procedimento para enrolar os burritos e foi no post Nachos & Burritos do Cinara’s Place que encontrei as fotos ilustrando o passo a passo do processo.

Como a quantidade de tortilhas não era pequena, ela nos rendeu mais um jantar de burritos e dessa vez fui no tradicional, recheado com feijões refritos e queijo cheddar. Escolhi que os acompanhamentos seriam os clássicos sour cream, salsa e guacamole.

Fazendo guacamole em casa

A novidade dessa vez seria a guacamole que eu nunca havia feito em casa, comia apenas em restaurantes. Guacamole caseira é espetacular! E é tão simples de fazer que vale muito a pena e me arrependo de não ter começado a prepará-la antes.

Lendo algumas receitas acabei escolhendo a guacamole do Our Best Bites. Fiz uma alteração que foi adicionar pimenta vermelha fresca sem sementes picada. O tomate que era opcional decidi não usar.
Um diferencial nessa receita é que ela leva sour cream e achei que é uma boa adição. Ele dá uma cremosidade fantástica e, segundo a autora, evita o escurecimento do abacate mais eficientemente do que o limão, fazendo com o que a guacamole dure mais dias. Não testei sua durabilidade, porque não sobrou nada pra voltar à geladeira.

O abacate

Image: FreeDigitalPhotos.net

Eu usei aquele abacate pequeno com a casca escura e rugosa que é o único que eu encontro aqui na Holanda. Nunca vi por aqui aquele abacate grande com a casca lisa que temos no Brasil. O sabor dos dois pra mim é praticamente o mesmo. A vantagem do pequeno é que ele é a dose certa pra uma guacamole pra duas pessoas, mas no mais qualquer uma das duas variedades pode ser usada na receita.

Eu confesso que nesses dois anos e meio de Holanda eu nunca havia comprado um abacate. Eu sempre gostei de abacate, mas não sei porque acabei não comprando. Eis que eu não sabia como escolher um abacate, ainda mais a variedade daqui. Encontrei também no Our Best Bites, um post com dicas para escolher, cortar e extrair a polpa do abacate, o “Cutting avocados“.

Abacate escolhido e comprado, preparei a guacamole para acompanhar os burritos, receita inédita de hoje aqui no Entre Panelas.

Os feijões refritos e a salsa já tem suas receitas publicadas no post dos huevos rancheros, mas decidi republicá-las aqui. As versões de hoje estão adaptadas para duas pessoas e incluem algumas modificações que faço como substituir coentro por salsinha, pois não somos muito fãs de coentro aqui em casa.

Além disso achei que ficaria mais prático para quem for preparar os burritos já ter todas receitas juntas.

O sour cream eu comprei pronto. Caso não o encontre, pode substituir por iogurte natural integral. Acho que coalhada fresca deve ficar bom também. Outra opção é checar o post do La Cucinetta, “Creme de leite, sour cream, crème fraîche, a maior bagunça” para ver como prepará-lo em casa.

E pra sobremesa?

Que tal os potinhos de limão siciliano?

Potinhos de limão siciliano

About Carla Duclos

Carla Duclos é uma brasileira morando em Amsterdam desde 2007. É formada em biologia e trabalha como administradora de sistemas Unix. Casada e mãe de uma linda garotinha. Apaixonada por Gastronomia, compartilha sua paixão e o que aprande aqui no Entre Panelas.

Comments

  1. Tudo perfeito!
    não há anda melhor do que o que fazemos em casa.

    Beijinhos.

  2. Adoro comida mexicana. Dentre esses pratos, o que mais gosto é do Sour Cream. Tem alguma receita?
    Bjos

  3. Preparar sour cream (ou pelo um substituto razoável) é bem fácil. No link do La Cuchinetta tem as medidas exatas, mas eu costumo simplesmente misturar meio limão pra uma caixinha (ou lata) de creme de leite, deixo descansar pelo menos meia hora, e pronto. Fiz várias vezes, pra preparar strogonoff, e dá super certo :)

  4. Não cheguei a comer deste puro (exceto, claro, pra provar, e roubar antes de efetivamente usá-lo), mas acho que sim, não ficou devendo nada a um sour cream regular.

    • BTW, fiz o sour cream hoje, pra comer (de novo) com feijoes refritos e ovo frito sobre a tortilla, e ficou muito bom! Então, sim, fica gostoso pra comer puro com acompanhamento :)

      Da forma que eu falei, só requer um pouco de cuidado: o limão que eu tinha era muito pequeno, então só metado não foi o bastante, espremi parte da outra metade também. Vale a pena provar (assim que você mistura) e ajustar, se necessário :)

      • Ah que legal! Bom saber! Obrigada pela informação! :)

        Qual creme de leite voce usou? O em lata ou fresco?

        • Ah, sim: lata. Nesse calor desgraçado o fresco não ia chegar nem no carro :P

          • Mas imagino também que pela textura o de lata deve ficar melhor. Ele é mais cremoso, ainda mais se tirar o soro.

            Eu sou suspeita pra falar, pois adoro creme de leite em lata sem soro. Sou capaz de comer a lata dele puro de colher. :)

            O sour cream que compro aqui pelo menos é bem cremoso e essa era a dúvida que eu tinha, pelo menos em relação ao creme de leite fresco que é bem líquido.

            Obrigada!

            • Bom, eu não tirei o soro: despejei tudo num pote, misturei bem, espremi o limão, misturei bem de novo, e deixei quieto num canto. A consistência fica bem firme (ou seja, não fica mais líqüido, como se tivesse excesso de soro). Experimente, acho que você vai gostar :)

  5. Oi Carla! Adoro suas receitas. Sou diabética tipo 2 e vivo tentando adaptar as receitas à minha condição crônica. Precisava te contar – a receita de torta de banana da sua família ficou ótima com substituto de açúcar e margarina light (no lugar da manteiga). Os filhos aprovaram e comeram (e a torta era para mim!!!! rsrsrs). Já virei fã do seu blog! bjins do Brasil. Sonia

    • Oi Sonia,

      Nossa, que legal saber que você adaptou a receita e deu certo! Até seus filhos adoraram. :)

      Se quiser compartilhar aqui qual adoçante você usou e em que quantidade, quem sabe a informação não ajuda outras pessoas que também são diabéticas e poderão se beneficiar com uma torta gostosa. :)

      Fico mesmo muito feliz em saber!

      Obrigada pelo comentário, elogios e por se tornar uma fã. Seja bem-vinda!

      Beijinho,

  6. Eu gosto muito desse tipo de comida Mexicana e não faço há muito tempo.
    Gostei da sugestão e das receitas.
    Quero ver se quando eu fizer faço também as tortilhas, já me disseram que é muito fácil.

    • Oi Moira,

      Fazia um tempo que eu não fazia e de repente em 2 semanas fiz um monte. hehehe E aí me lembrei de como comida Mexicana é boa.

      Obrigada! Legal que gostou. Se puder, conte depois se fizer as receitas, o que achou.

      Quanto as tortilhas ainda quero fazer de novo. Foi mesmo muito fácil, mas a primeira vez que fiz não deu muito certo, mas acho que foi a farinha de milho que usei. Só que não desisti não, ainda vou tentar de novo. :)

  7. Oi Carla!
    Para a massa, no lugar do açúcar usei “Tal e Qual” – a proporção é mesma, colher por colher, xícara por xícara. Mas como o Tal e Qual é um pouco menos doce que o açúcar, na cobertura de canela usei Stévia, que não deixa gosto amargo e adoça mais. Usei metade de farinha branca comum e metade de farinha integral. A torta ficou linda, com um tom dourado e bordas crocantes. O unico problema é que avançaram na torta e eu fiquei sem! kkkkk

    • Oi Sonia,

      Obrigada pelas informações sobre a adaptação pra versão diet.

      Adorei a idéia de fazer metade com farinha integral! Farei assim na próxima vez! Bom saber que deu certo!

      Beijos,

  8. EEEEeeeiiii, isso aí da foto não é um abacate!

  9. Oi Carla!!

    Ai que delicia, me deu agua na boca!Vou ter que fazer um desses… comia muito isso tudo quando morava nos Estados Unidos, cmprava num fast food (Taco Bells), pagava quase nada e era uma baita refeicao…mas isso foi ha 10 anos atras quando eu nem pensava em cozinhar! Agora sigo receitinhas e como mais saudavel que nao tem nada mais gostoso! Obrigada por mais uma receita deliciosa, vou tentar!!
    O meu blog vai andando lentamente,aos poucos…uma hora chego em algum lugar, rsrsrsrs…
    Beijinhos,
    Lize

    • Oi Lize,

      Me conte depois o que achou! Nós aqui em casa adoramos! É muito bom! E tenho certeza que o que você fizer em casa vai dar de 10 a 0 no do Taco Bells. hehe Nada como algo preparado por nós. :)

      Força com o blog. O lance é ir caminhando com ele no ritmo que você pode!

      Beijos,

  10. Oi Carla!
    Adoro guacamole e adorei saber que posso
    colocar iogurte. Estou pensando em fazer uma feira
    amanhã. Claro que vou experimmentar.
    Adoro cozinhar e inventar receita.
    Vc sabe fazer tapioca?
    Tenho lá no blog:”Tapioca fácil”
    Mas quero mesmo é aprender a fazer Tacos em casa.
    Vc já sabe?
    Até mais!
    Anny.

    • Oi Anny,

      Me conte depois se gostou da guacamole.

      Nunca fiz tapioca, vou olhar a sua receita. Obrigada pela dica. :)

      Tacos, como a tapioca, nunca preparei também.

      Abraço e até mais.

  11. Fui aprensentada a culinária mexicana por marido, e vi que até estou sabidinha nesse universo, porque conforme fui lendo o resultado de sua pesquisa, fui vendo que estava familiarizada com todas as informações.

    Gosto demais dessas comidinhas, e mesmo não tendo talento com as panelas, nessas eu me arrisco porque são fáceis.

    A sua ficou belíssima. Deve ter ficado apetitoso! :)

    • Oi Lidiane,

      Também gosto bastante da culinária mexicana! Realmente não é difícil e o sabor é riquíssimo.

      Obrigada! :) Ficou uma delícia sim!

      Abraços e obrigada pelo comentário.

  12. Oi! Eu faço guacamole com tomate (pra um abacate, dois tomates sem sementes e uma cebola bem picadinha) e fica uma delícia! Aqui em casa, para fazer a qualquer hora uso panquecas básicas, e recheio com a guacamole e carne moída (só com cebola e pimenta da jamaica). Fica muito bom, é muito prático e não dura 15 minutos na mesa!

    • Oi Ana,
      Guacamole com tomate fica uma delícia também! Que idéia legal de usá-la com panquecas. Deve ficar muito bom mesmo! :) Aliás, guacamole vai bem com um monte de coisas. Nós aqui em casa adoramos!
      Abraço,

  13. OI CARLA!! AMEI SUA RECEITA, FIZ ESSES DIAS ALGUMAS COISINHAS COM AS TORTILLAS QUE COMPREI. CONFESSO QUE NÃO ENCARO FAZER A MASSA RS, MAS O RESTO TO DENTRO!
    NUNCA TINHA FEITO SOUR CREAM, PEGUEI A RECEITA NO SITE DO MEU FORNECEDOR DE TORTILLAS (WWW.VILLABUENA.COM.BR) E GUACAMOLE VOU TENTAR ESSA SEMANA!

Trackbacks

  1. [...] Recentes Leiliane on Burritos de Feijões Refritos com Guacamole, Salsa & Sour CreamGasparzinha on Burritos de Feijões Refritos com Guacamole, Salsa & Sour CreamReceita de [...]

Speak Your Mind

*