Rocambole de chocolate (sem farinha) especial para o Dia dos pais

Rocambole de chocolate (sem farinha - gluten free)

Copyright © 2009 Carla Duclos

Estamos no final de semana do dia dos pais e escolhi uma receita especial para esse dia, um rocambole de chocolate. Essa receita me foi passada pela minha mãe que a recebeu anos atrás de uma ex-vizinha querida, a Neide. Semana passada conversando com meus pais no Skype minha mãe comenta que havia feito esse rocambole e meu pai reforça a frase que já havia sido dita antes pela minha mãe: “É uma delícia, faz e publica no seu site“.

Rocambole de chocolate (sem farinha - gluten free)

Sugestão de pai e mãe a gente não ignora. Preparei o rocambole, fotografei, experimentamos e aprovamos. Deixo aqui essa homenagem para o dia dos pais, especialmente para meu pai, Santiago Alonzo, e meu sogro, Nei Duclós.

Esse rocambole é especial também, pois não leva farinha em sua massa, o que o torna livre de glúten e uma opção para os celíacos (pessoas alérgicas a glúten).

Rocambole de chocolate (sem farinha - gluten free)

Ele é super simples de fazer, tanto a massa quanto o recheio e cobertura. Foi também a primeira vez que fiz um rocambole. Dá um certo frio na barriga que a massa vai quebrar e tudo irá por água abaixo, mas foi super tranquilo e deu muito certo dando uma ótima de sensação de satisfação no final, “Olha, meu primeiro rocambole!“.

Rocambole de chocolate (sem farinha - gluten free)

Ele pode ser servido como sobremesa ou num café da tarde. Se gostar de morangos sirva acompanhado deles, fica sensacional! Não experimentei, mas imagino que com uma bola de sorvete de baunilha também fique bom. Agora, só ele, sem acompanhamento, já é uma delícia garantida.

[print_this]

Rocambole de chocolate (sem farinha)

Receita da minha ex-vizinha, Neide, passada para minha mãe e então para mim.

Ingredientes:

Massa:

  • 6 ovos
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó

Recheio e cobertura:

  • 1 lata de creme de leite com soro
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 6 colheres de sopa de chocolate em pó

Modo de preparo:

Massa:

  1. Forre uma assadeira de 24 x 33 cm com papel manteiga.
  2. Pré aqueça o forno a 220 graus C.
  3. Bata as claras em neve, então adicione o açúcar e bata novamente. Reserve.
  4. Em separado, bata as gemas e junte o chocolate. (Aconselho bater à mão, veja explicação abaixo) *
  5. Incorpore a mistura de gemas e chocolate às claras em neve.
  6. Despeje a massa sobre a assadeira, espalhe igualmente com a ajuda de uma espátula e leve ao forno por aproximadamente 20 minutos. Estará pronto quando testando com um palito, ele sair seco.
  7. Tire do forno e desenforme imediatamente sobre um pano úmido coberto com um pouco de açúcar. Enrole apenas a massa com a ajuda do pano para dar forma a ela e desenrole.
  8. Prepare o recheio e cobertura.

Recheio e cobertura:

  1. Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo, mexendo sempre até encorpar e soltar do fundo da panela.
  2. Espere esfriar e use metade para rechear o rocambole e metade para cobertura.

Montagem:

  1. Coloque metade do recheio sobre o rocambole e espalhe uniformemente com a ajuda de uma espátula.
  2. Com a ajuda do pano enrole e forme o rocambole.
  3. Cubra-o com a outra metade do creme espalhando com a ajuda de uma espátula.

Sugestão: Sirva acompanhado de morangos.

* Eu bati as gemas e o chocolate usando a batedeira. A consistência ficou muito grossa e não seria possível incorporá-la às claras em neve. O que fiz então, foi  misturar um pouco das claras em neve e bater na batedeira com o batedor de pá até atingir a consistência de uma massa de bolo, para que então pudesse incorporar às claras.
Minha mãe bate as gemas e adiciona o chocolate manualmente e para ela a consistência fica encorpada mas boa o suficiente para incorporar às claras.
O tipo do chocolate em pó pode ter feito diferença também, pois o chocolate que uso aqui na Holanda é praticamente cacau e não tem açúcar como o chocolate em pó no Brasil. O cacau no Brasil é mais forte que o que uso aqui, então se for optar por cacau, cuidado com a quantidade, talvez seja nescessário reduzí-la.

[/print_this]

Compartilhe...
Share on Facebook0Share on Google+1Pin on Pinterest3Tweet about this on Twitter7Email this to someone

Receba mais receitas no seu email!

Receba gratuitamente em seu email as receitas e mais conteúdo exclusivo!

Comments

  1. says

    Hah, como eu sofro! Eu tive, sabe, tive de experimentar isso! Fui obrigado a esperar a Carla tirar as fotos (maravilhosas, aliás), daí tive de comer esse rocambole, vocês não tem idéia do sacrifício que eu faço pra contribuir com o Entre Panelas.

    E aliás, se vocês fizerem esse rocambole e não gostarem: 1. vão ver um médico, deve ter uma cura e 2. Podem dar o que sobrar pra mim.

  2. says

    Uuuh, vou ter de experimentar. Uma versão minha e depois a sua, só para comprovar se o meu preparo ficou como o original 😉

    As fotos estão irresistíveis!

  3. Katia Lima says

    fiz e aprovei! delícia pura, a massa só sobrevive com o recheio, formam um complexo perfeito, um complementa o outro e o resultado é 1000!!

  4. says

    acabei de fazer, ficou um pouco forte (eu exagerei no chocolate) mas deu supercerto!
    coloquei umas nozes por cima!

    delicioso!

    adorei o blog, já te adicionei no flickr.
    obrigada! Carol

  5. says

    Oi Carol,

    Legal que deu certo. Obrigada pelo retorno.

    Não recebi aviso de você como contato no flickr. Talvez tenha dado algo errado no processo.

    Fico feliz que tenha gostado do blog!

    Abraço,

    Carla

  6. susy pavlov says

    OLá Carla,

    Estou louquinha para preparar esta maravilha que já me faz salivar”rocambole de chocolate”hummmmmmmmmmmm
    Bjs,saúde e paz!!!

  7. Fraan says

    Olá Carla!
    Simplesmente impossível resistir a uma delícia dessas!
    Estive procurando várias receitas de rocambole, e a mais simples e mais gostosa eh a sua!
    Vou fazê-lo hj, ai conto como ficou!

    Beeijos e parabéns pelo seu blog!

    • says

      Olá Cherry,

      Que pena mesmo que não deu certo. O que aconteceu exatamente?

      Se quiser me contar mais detalhes pra tentarmos entender o que deu errado, seria interessante.

      Você usou colheres medidoras para medir o chocolate em pó e açúcar?

      Abraço,

  8. SOS família says

    Olá,
    Visitei a receita porque achei que seria ótima, mas não entendi o lance de enrolar e desenrolar para depois colocar o recheio. Também detestei a idéia de comer recheio com ovo cru. Você já ouviu falar em salmonela, uma bactéria transmitida por meio de alimentos contaminados com fezes de animais. A aparência do alimento é normal, não sendo possível distinguir entre o contaminado e o saudável. Tampouco adiantaria, por exemplo, lavar bem a casca do ovo. “A gema pode ter sido contaminada durante o processo de formação do ovo”, diz Elke Stedefeldt, nutricionista e professora do curso de nutrição da Universidade Federal de São Paulo. A preocupação é tamanha que a legislação do Estado de São Paulo proíbe que estabelecimentos comerciais, como restaurantes, vendam pratos que levem ovo cru ou gema semicozida. A maionese feita em casa com a gema crua também representa risco de contaminação. O ideal é optar pela receita de tradição alemã, que leva ovo cozido.

    • says

      Olá,

      O lance de enrolar e desenrolar é apenas para a massa assada pegar o formato e enrolar mais fácil depois. Isso é só uma dica, você pode fazer como quiser.

      Você achou que a receita seria ótima. Bem, opiniões e gostos são pessoais, há sempre os que gostam e os que não gostam. Parte natural da vida.

      Tenho que dizer que você não leu a receita corretamente, pois de onde tirou a idéia de “recheio com ovo crú”? O recheio desse rocambole sequer leva ovo, nem crú nem cozido.

      E, independente disso eu não tenho essa paranóia de não comer ovo crú. Sei muito bem da salmonela, mas não compro a paranóia. Como mousse com ovo crú e faço maionese com gema crua também. Mas cada um livre para viver de acordo com suas próprias regras.

      • Vilma says

        Nossa que conversa de doido! Essa pessoa é tão paranoíca que esta vendo ovo cru onde não tem. Obrigada pela receita.

  9. Thais says

    essa receita parece ótima! Morro de medo de fazer rocambole, vou ver se tomo coragem, ainda mais esse que não leva farinha! Minha mãe é celíaca, ou seja, tem intolerância a gluten e não pode comer nada que leve farinha de trigo. Essa receita eh perfeita pra ela, ainda mais pq ela, como eu, é chocólatra! Uma pergunta: se eu usar chocolate do padre, que não leva açúcar, devo aumentar a quantidade de açucar no recheio? Obrigada!

    • says

      Oi Thais,

      Esse rocambole e uma delícia e foi o primeiro que eu fiz! Deu super certo.

      O chocolate do padre leva um pouco de açúcar na verdade. A receita indica o chocolate em pó, então pode usar o do padre e não precisa alterar nada no recheio. Minha mãe sempre fez com o do padre.

      Só é bom ter certeza que ele não contém glúten. Mas isso, vc certamente manja mto mais que eu. :) Fico feliz que a receita seja adequada pra sua mãe.

      Boa sorte, espero que vc e sua mãe gostem e se puder me conte o que acharam. :)

      Abraço,

  10. Thais says

    Carla, fiz ontem o rocambole! Deu super certo, nem acreditei! Ficou uma delícia, minha mãe adorou! Achei que fosse dar tudo errado quando tirei a massa do forno, pq ela grudou um pouco no papel manteiga (é assim mesmo ou fiz alguma coisa errada?), mas deu certo para a minha surpresa! A massa fica super elástica, não quebra e a cobertura/recheio ficou uma delicia! Coloquei uma colher a mais de açúcar pq aqui gostamos de doce bem doce! Obrigada por compartilhar essa receita! beijos, Thais.

    • says

      Oi Thais,

      Que legal saber que deu certo e que vocês gostaram! :)

      A massa gruda um pouco mesmo, normal. Vc nao fez nada de errado. Aí tem que tirar com cuidado do papel manteiga.

      Exatamente isso! A massa tem uma textura ótima pra rocambole. :)

      Fiquei super feliz com seu feedback! :)

      É um prazer compartilhar as receitas por aqui.

      Beijos,

  11. Jéssica says

    Carla o creme de leite tem qe ser com soro?eu nao sei se todos são assim ou existe dois tipos sei la,uhm ate hj eu so fiz o rocambole de doce de leite com coco amanha vou tenta esse
    bjo e aabraços

  12. says

    Oi Jéssica,

    Nessa receita o creme de leite indicado é o creme de leite em lata e você usa ele com o soro e tudo.

    Algumas receitas pedem que se tire o soro do creme de leite, um processo que se faz gelando a lata de creme de leite, o que vai fazer com que o soro e o creme se separem. Depois que estiver gelado, se faz um furinho na lata e vira-se pra escorrer e descartar o soro. Se furar de um lado e o soro não sair, só furar do outro.

    Mas nesse rocambole não precisa fazer nada disso, só usar a lata de creme de leite.

    Além do creme de leite em lata, existem no Brasil o creme de leite de caixinha e o creme de leite fresco (encontra-se na geladeira do supermercado).

    Eu fiz esse rocambole com creme de leite em lata com o soro
    Acho que deve dar certo com o creme de leite de caixinha se usar a mesma quantidade que o de lata, mas pra ter certeza mesmo só testando.

    Espero ter esclarecido sua dúvida.

    Beijos,

    • says

      Oi Iohana,

      No dia em que fiz nós comemos em temperatura ambiente. Aí eu coloquei na geladeira e no dia seguinte comemos gelado. Eu gostei mais dele gelado, mas é questão de gosto.

      Ele não precisa ser gelado, a indicação padrão dele é temperatura ambiente mesmo. Mas se quiser, pode gelar.

  13. Tarciana Guerra says

    Oi, Carla!
    Vivo na Italia, e por aqui os nossos doces nao sao muito conhecidos, aqui ja comi rocambole mas, aqueles industrializados, entao rocambole feito em casa vai ser uma novidade rsrs…eu adoro rocambole, aqui se chama tronchetto.A cunhada do meu marido é celiaca e, recebe-la é sempre sinal de preocupaçao.Sou uma aprendiz na arte de cozinhar, mas descobri que cozinhando consigo placar um pouco a saudade de casa, um dia desses fiz coxinha, quase desisti no meio da receita, a massa embolo, que sufoco!! deu um trabalhao, ai eu pensei:cade a minha mae? resposta: a mae aqui sou eu, pensei no que ela faria, no final deu certo, fiz ponto com o maridao!!rsrs
    Vou fazer a sua receita de rocambole e depois te falo.
    Bacio, ciao

    • says

      Oi Tarciana,

      Que delícia, coxinha! :) Realmente cozinhando a gente consegue matar a saudade de várias coisas! :)

      Esse rocambole é uma delícia e sua cunhada vai poder comê-lo. Só tome cuidado com o chocolate, use um que não contenha glúten.

      Me conte depois o que achou. :)

      Beijo,

  14. Mariangela says

    Carla –
    Nunca assei um bolo na vida, nunca fiz brigadeiro e nunca fiz uma rocambole. Moro nos EUA e meu filho faz 3 anos na semana que vem. Ano passado encomendei o bolo e docinhos e foi um fiasco….tudo muito doce e sem sabor. Este ano estou decidida a fazer eu mesma. Adorei a cara deste rocambole e estou pensando em faze-lo.
    Nao tenho a menor ideia de “consistencias”. A pergunta e: mais ou menos…quanto tempo eu tenho que bater as claras e quanto tempo eu tenho que bater as gemas?
    Grata

    • says

      Oi Mariangela,

      Parabéns pela coragem de começar. Dou a maior força e no que eu puder ajudar, estamos aqui.

      Não posso te dizer por quanto tempo bater as claras, porque isso vai variar muito. Varia se vc tá batendo a mão ou na batedeira, com o tipo de batedeira, o quão rápido vc consegue bater as claras (se for a mão) e por aí vai. Você tem que bater até as claras atingirem o ponto de neve. Aí então vc coloca o açúcar e bate mais um pouco apenas para que o açúcar fique bem misturado às claras. Bata elas até o ponto de picos suaves, adicione o açúcar e bata até o ponto de picos firmes (Você vai entender o que estou falando depois que assistir ao vídeo).

      Um vídeo pode te ajudar a saber quando as claras estão no ponto certo. Dá uma olhada nesse aqui: http://www.youtube.com/watch?v=SEfO4cL-yqM&feature=related

      As gemas você bate um pouco para misturá-las e então vai adicionando o chocolate em pós aos poucos e batendo, até estar tudo misturado.

      E então você prossegue com os demais passos.

      Boa sorte e fique a vontade para tirar mais dúvidas.

      E jamais desanime se você preparar algo que não dê certo de primeira. Isso é totalmente parte da cozinha. :)

      Abraço,

  15. Rose says

    Hummm!! Deve ficar sim uma delícia a foto está apetitosa, vc não editou esse rocambole não? hahahaha tá com a cara linda! Vou tentar depois te conto. Bjos

  16. Helena Viegas says

    Olá!
    Descobri seu site por acaso e fiquei fã!
    Tenho uma dúvida: o creme de leite são natas ou é leite condensado?
    Um abraço

    P.S.: Moro em Portugal e tenho 16 “inuteis bolas de pelo” :-)

    • says

      Oi Helena,

      Obrigada! Fico feliz que tenha gostado do blog! :)

      O creme de leite são natas. Pra leite condensado nós usamos a mesma palavra.

      Oh, 16 bolas de pelo fofolentas! :) Tem foto deles?

      Beijo,

  17. Helena Viegas says

    Oi! Tudo bem com vocês?
    Por aqui chove e está uma ventania medonha!
    Acabei de fazer o rocambole, minha filha que é doida por chocolate diz que está optimo. Eu acho um pouco amargo, se calhar deveria ter posto menos cacau.
    Usei cacau magro “Pantagruel”, em vez de açúcar utilizei adoçante e natas frescas “Nestlé”.
    Ao enrolar estalou um pouco mas não quebrou.
    Para a proxima vou experimentar fazer com chocolate.
    Beijos.

    • says

      Oi Helena,

      Por aqui tudo bem. Já está frio e chovendo bastante também.

      Que legal que fez o rocambole e que sua filha gostou. Realmente dependendo do cacau ou chocolate vai variar bem o quão forte fica. Experimente mudar numa próxima veze veja o que acha. :)

      Beijo e Obrigada pelo comentário.

  18. josane says

    Olá…..amo suas receitas….vc é adorável….e adorei a resposta dada acima…..não devemos mesmo comprar paranóias…..rs…bjaço.

  19. Khennya says

    OI Carla, eu adorei essa receita, principalmente porque não leva farinha. Achei interessante que nela não vai chocolate neh? Só chocolate em pó, mas a aparência que fica é que foi usado o chocolate em barra, achei interessante e vou fazer pra ver como fica!
    Só não me garanto na hora de enrolar a massa, 90% que eu acho que vai quebrar tudo, eu sou desastre pra essas coisas!
    Bjo

    • says

      Oi Khennya,
      De fato esse rocambole só leva chocolate em pó.
      Ele é facinho de enrolar. Eu sou super atrapalhada e comigo deu super certo. Me conte depois se fez e o que achou.
      Beijo,

  20. Márcia says

    DIVINOOOOOOOOOOOOOOOOO….
    Oi Carla amei a receita. O pão dos anjos. Prático, barato e muito, muitooooo gostoso. Tem uma apresentação sofisticada, dando impressão que ficamos horas e horas preparando hehehe. Apenas achei que ficou um pouco mais escuro que o seu. Ahh… coloquei raspas de chocolate deixando o visual ainda mais apetitoso.
    Beijooo

    • says

      Oi Marcia,
      Que legal que você gostou. Ele é realmente simples de preparar e fica muito bonito. O seu ter ficado mais escuro pode ser devido a diferença entre o cacau/chocolate em pó que vc usou e o que eu usei.
      Deve ter ficado lindo com as raspas de chocolate por cima!
      Obrigada pelo comentário! :)
      Beijo,

  21. tania santos says

    estou encantada com esse bolo assim que eu fizer ele eu mando um comentario, isto é se eu acertar faze-lo obrigada pelo carinho de mandar receitas tão maravilhosas.

  22. Sonja says

    Maaaravilhoso,
    Fiz a receita com recheio de chantily com morango. Ficou uma delícia. Nunca tinha feito massa sem farinha de trigo, ficou show, fofíssimo.Parabens.

  23. maria jose says

    Nossa vou agora mesmo fazer , depois de tantos comentarios .
    Só queria entender que toda evz que faço rocambole a massa quebra na hora de enrolar?

  24. says

    Ahh! Fiz e não fico legal, acho que eu fiz algo errado, eu nunca erro as receitas rs … Mais eu vou tentar de novo outro dia qualquer, não desisto facil hehehe … Espero que dessa vez eu acerte.

  25. says

    Olá, Carla!
    Quando vi a “cara” desse rocombole, pensei: “Eu tenho que fazer!”
    E fiz! Ficou uma delícia… com sabor de doces finos, das melhores docerias… Vou fazer novamente para o domingo do Dia dos Pais.
    Muito obrigada por divulgar a receita. Adoramos!!!
    Beijos…

  26. Ana Laura says

    Olá, CArla Duclos….vi sua receita hopje….
    Acabei de fazê-la….ficou bem bonito…
    Apenas notei que a minha massa grudou um pouco no papel…mas ficou super macia..e a cobertura divina..
    O sabor do chocolate também ficou bem acentuado pois usei um chocolate em pó com 50% cacau…
    Ficou maravilhoso!!

  27. betinha says

    nao sei o q fiz de errado a massa lem de agarrar no papel (eu nao untei), ela nao cresceu nada, ficou fina e solada , mas continuarei tentando ,rsrsr uma hora da

  28. Adriana Donadi says

    Carla querida,
    Amei seu blog, amei a receita, fiz a primeira vez e fiquei triste, ela grudou totalmente no papel, não sei se fiz ago errado a maior parte da massa ficou no papel e foi dificilimo descolar, ai não joguei fora fiz a segunda vez mas foi pior..rs.. a massa ficou bem quebradiça.. queria a sua ajuda p saber aonde errei.. amo cozinhAR, mas mesmo assim aproveitei o q saiu e fiz um recheio alem do de chocolae fiz um brigadeiro branco e misturei a uma lata de creme de leite sem soro, então recheei com essa e cobri com a sua de chocolate, claro q o gosto ficou maravilhoso mas a aparencia….. jamais ficaria comparável à sua … aguardo seu retorno! Beijos e parabéns

  29. Jonir says

    Amei a receita! Fiz e todo mundo aqui em casa amou!
    No recheio coloquei brigadeiro (sou viciada rsrs) e na cobertura coloquei a receita proposta! =]’

    Obrigada!

  30. says

    Mmm, adorei essa última dica de pôr brigadeiro dentro!
    :-)

    Eu fiz há poucos dias (só a massa, usei um recheio diferente) e ficou show! Facílima de fazer e a massa ficou fofíssima.

    Também tive dificuldade para desgrudar a massa do papel laminado (que usei em vez de papel manteiga), mas já aprendi a lição e da próxima vez vou untar. De qualquer forma, os pedacinhos ligeiramente rasgadinhos da massa (que grudaram no papel) ficavam do lado de dentro e não dava para perceber.

    Uma pergunta: eu fiz em uma travessa retangular e enrolei ao comprido, quer dizer, a extensão do rocambole era o lado mais comprido da assadeira. Depois, quando pus o recheio (que, reconheço, era bastante), quase não consegui fazer o rocambole dar a volta completa — ficou mais um tubo recheado do que um rocambole assim, dando voltinhas, rs

    Quando percebi o erro, não dava para mudar porque a massa já tinha esfriado daquele jeito e fiquei com medo de quebrar se enrolasse do outro lado.

    Você normalmente enrola desse lado ou do lado mais curto, para que ele dê mais voltas e fique mais alto e mais curto? Não sei se eu só exagerei na quantidade de recheio ou se dobrei do lado errado.

    Mas, tirando essas minhas pequenas lambanças, a turma toda adorou e ninguém notou esses detalhes!
    :-)

  31. Jessica says

    Há meses encontrei essa receita e venho querendo fazê-la, pois bem, acabei de fazer, mas ficou tão diferente da sua foto rss tanto a massa como a cobertura, ficou outra textura :/
    Também sofri muito para desenformar, porque apenas untei a forma, mas dá próxima já sei, tem que ter o papel manteiga rss.
    Ah, joguei um pouco de biscoito maizena (farofa) por cima. Huuummmm.
    Adorei a dica, mesmo o meu rocambole ter saído um tanto estranho rsss.

  32. Marcia says

    Bom dia Carol,

    Vou fazer a sua receita, gostaria de saber se no lugar do chocolate em po, posso usar achocolatado, tipo Nescau.

    Um abraço

    Márcia

  33. Elisenda Hardiman says

    copiei a receita e irei tentar fazer, mas tu não tens vídeos do modo de preparar estas receitas, fica mais fácil…sou boleira de primeira viagem..mudei do Brasil para Irlanda e aqui não tem empregada…então estou apredendo de tudo…faz um vídeo faz…for favor…abraços

    • says

      Oi Veronica,
      Que pena que o seu não deu certo.
      Quanto ao gosto de ovos, estranho, pois nunca senti em todas as vezes que minha mãe fez esse rocambole, nem quando eu fiz. Pode estar relacionado a proporção dos ingredientes dependendo das unidades de medida que você usou, bem como o tamanho e qualidade dos ovos usados.

  34. says

    Fiz a receita igualzinha e ficou incrível! Com certeza repetirei mais vezes. Deu super certo e é uma delícia, como eu evito glúten e leite mas amo chocolate, a receita é ótima. Dá próxima vez vou trocar o creme de leite por creme de soja e ver se fica bom! Nota 10.

    • says

      Oi Marina,
      Que delícia ler seu comentário. :) Fico muito feliz em saber que fez e gostou do rocambole.
      Me conta depois o resultado se testar com creme de soja. Tô curiosa e o depoimento sempre ajuda outros leitores.
      Abraço!

  35. Nelsi says

    Fiz a massa de acordo com a receita, mas, quando desliguei
    o forno, acho que a massa se achatou, apesar de ter ficado fofa. É
    assim mesmo?

  36. Jessica says

    Olá , tive que comentar quando vi o sem glutén na receita …. Porque tenho que fazer a receita!!! bem deixa eu explicar, descobri a doença celíaca desde de 2 anos de idade, mas quando tinha sete anos a minha médica deixou eu comer tudo, para fazer testes que comprovassem ou não a doença, nesse período (1 mês) comi tudo e a maioria das coisas eram estranhas para mim. Mas adorei o rocambole, e sempre tive o desejo de comer novamente, mas nunca pude. Por isso fiquei tão contente com a receita, é um desejo antigo sabe!? Valeu e parabéns!!

Trackbacks

  1. […] Receita de Rocambole de chocolate (sem farinha) especial para o Dia dos pais – Esse rocambole tem uma massa que não leva farinha. É simples de fazer e é recheado e coberto com o mesmo creme de chocolate. Se você quer um bolo mais rico, com recheio e cobertura, deixo a dica desse rocambole. É o da foto que ilustra esse post. Você pode comer acompanhado com morangos frescos que harmonizam perfeitamente bem com o chocolate. Entre Panelas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>