Pão de Queijo

Pão de queijo

Um dos quitutes brasileiros que gosto e sinto falta aqui na Holanda é o pão de queijo.

Para resolver isso, há um tempo comecei a pesquisar receitas de pão de queijo e a testar uma receita na qual fui fazendo adaptações até chegar na versão em que eu e o Dani concordamos que era um ótimo substituto para matarmos a saudade e apresentarmos pros nossos amigos gringos que ainda não tiveram a felicidade de experimentar esse pão típico do Brasil. E essa receita que desenvolvi a partir de uma outra é a que apresento aqui pra vocês.

Pão de queijo e o queijo Mineiro

Este não é exatamente igual ao pão de queijo brasileiro porque falta aqui um ingrediente básico que é o queijo Mineiro, típico do Brasil e devidamente registrado [2] e que não encontramos por aqui, ou pelo menos até agora não encontrei. Usei como base uma receita que levava o parmesão e o resultado foi um pão saboroso, que nos deixou muito contentes. Se estiver no Brasil e quiser tentar esta receita com queijo Mineiro acho que deve dar certo.

Adptando até chegar à receita ideal

Me baseei na receita “Brazilian Cheese Bread (Pão de Queijo)” do site All Recipes. Fiz apenas uma adaptação na primeira tentativa que foi omitir o alho. O óleo indicado na receita era o azeite de oliva. Fiquei um pouco receosa devido ao forte paladar que ele tem, mas decidi que tentaria conforme recomendado e então tiraria minhas próprias conclusões. Resultado da experiência foi que não gostamos do sabor forte de azeite de oliva que ficou no pão (adoramos azeite de oliva mas pão de queijo nao tem esse sabor) e achamos um pouco oleoso demais.

Ainda acreditando na receita, pois a textura ficou ótima, na segunda tentativa troquei o azeite de oliva por óleo de girasol, de novo não usei o alho e inverti as quantidades de água e óleo conforme sugerido num dos comentários. A textura continuou excelente, a oleosidade foi resolvida, o sabor forte do azeite de oliva se foi, mas o com ele foi-se também todo o sabor. Decidi que na próxima tentativa aumentaria a quantidade de queijo e um pouquinho a de sal. Foi então que cheguei à receita de pão de queijo final que está definitivamente adotada aqui em casa.

Pão de queijo

Qual polvilho usar? Doce ou azedo?

Outra questão pela qual passei nesse processo de aprender a fazer pão de queijo foi decidir qual polvilho usar. Quando comecei a pesquisar receitas de pão de queijo encontrei algumas que levavam polvilho doce, outras o azedo e outras ainda os dois. Veio então a questão, qual a diferença entre eles? Fiz uma pesquisa na internet e encontrei o artigo “Polvilho Azedo, Doce e Fécula de Mandioca” no Prato Fundo que dá uma explicação bem bacana sobre as características e diferenças entre eles.

A receita na qual eu estava me baseando não especificava qual o tipo de polvilho, mencionava apenas “farinha de tapioca”. Fiz minha adaptação e optei por usar metade de cada um deles para obter crocância por fora e maciês puxante por dentro.

A receita final

O resultado final foi excelente! Cheguei a uma receita que faz um pão de queijo macio e puxante por dentro e crocante por fora, com um sabor delicioso, aproximado do nosso brasileiro.

Essa receita você pode fazer a mão ou utilizando uma batedeira planetária. A batedeira vai te poupar o esforço físico, pois a massa é pesada para trabalhar. Mas não se acanhe se não tiver batedeira, a primeira vez que fiz foi na raça e o resultado compensa. :)

Pode ser congelado?

Os pães de queijo você pode moldar do tamanho que mais lhe agradar. Após moldá-los você pode assá-los ou congelá-los em aberto. Depois que virarem pedrinhas coloque-os num saco plástico e conserve no freezer. Quando for assá-los leve do freezer direto ao forno.

Sugestão

O Entre Panelas tem uma seção só com receitas de pães. Deixo aqui algumas sugestões:

Pão 100% Integral:

pão 100% integral

Que tal mais um quitute brasileiro, o “Brigadeiro“?

Brigadeiro

Vamos então à receita? :)

Referências:

  1. Artigo da Wikipedia sobre o Pão de Queijo: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pao_de_queijo
  2. Artigo da Wikipedia sobre o Queijo Minas Frescal (Queijo Mineiro): http://pt.wikipedia.org/wiki/Queijo-de-minas_frescal

About Carla Duclos

Carla Duclos é uma brasileira morando em Amsterdam desde 2007. É formada em biologia e trabalha como administradora de sistemas Unix. Casada e mãe de uma linda garotinha. Apaixonada por Gastronomia, compartilha sua paixão e o que aprande aqui no Entre Panelas.

Comments

  1. Que presente dos deuses para uma tarde de sexta-feira de Carnaval!!! Ficaram simplesmente lindos, eu se fosse você faria para vender aí, que este pessoal ainda não sabe o que é um bom pão de queijo!!! beijos, volto na semana que vem…

  2. Oi Cris,

    Obrigada! Boa idéia, quem sabe não é umas vender o pão de queijo. Eles realmente não sabem o que é. :)

    Beijos,

  3. Oi Carla!
    Eu estava procurando uma receita de Pão de Queijo “adaptada” pra fazer aqui na Finlândia… a primeira não deu certo, e com medo de perder mais do meu precioso polvilho comecei a passei a procurar por receitas testadas e comprovadas, e foi assim que eu cheguei aqui Ü
    Só uma coisa me deixou entrigada: você fala da dificuldade de arrumar o queijo, mas e o polvilho? Você encontra polvilho doce e azedo na Holanda?
    Eu até encontrei um polvilho aqui, num mercado chinês, mas não há especificações quanto a ser doce ou azedo. E aí, há?

  4. Oi Juliana,

    Eu encontro polvilho aqui em loja de produtos brasileiros ou em loja de produtos portugueses. Aí é igual ao que temos no Brasil. Nunca encontrei no supermercado comum.

    Agora eu acho que você pode tentar com o polvilho que você encontrou na Finlândia e ver o resultado. Quem sabe não da certo? A receita original na qual me baseei não especificava doce ou azedo.

    Se você fizer me conte depois se deu certo. :)

    Abraço,

  5. Oi, Carla.

    Fiquei atrasada com seu blog e só agora vi esta receita.

    Por coincidência, há pouco mais de uma semana fizemos pão de queijo aqui e hoje vamos repetir a dose.

    A receita que eu tenho é bem mais simples; não tem água nem os dois tipos de polvilho — até porque aqui eu só acho “tapioca flour”, então vai tu mesmo.

    Uso bastante queijo também, só que usei metade parmesão e metade cheddar envelhecido (bem duro), pois fiquei com medo do parmesão ficar seco demais.

    Ficou delicioso, cascudinho por fora e bem “puxa” por dentro.

    Eu só queria que ele ficasse mais fofinho (ficou bom, mas daquele jeito bem compacto), então acho que o truque é bater os ovos antes (eu só adicionei à massa). Estava quase quase experimentando pôr um pouco de bicarbonato para ver se fica mais como aqueles da Casa do Pão de Queijo.

  6. Oi Carol,

    Nham, não quer compartilhar sua receita? Essa receita que eu fiz originalmente ia só a tapioca flour também. Como aqui o que eu encontro é o polvilho nos mercados brasileiros então, já que eu tinha, decidi usar os dois pra obter maciês e crocância.

    Quanto ao queijo, a próxima vez que fizer vou usar o old amsterdam, que é um queijo gouda envelhecido, muito saboroso. Quero ver o resultado que vai dar. :)

    Me conta depois se bater os ovos ajudou na sua receita.

    Beijos,

  7. Carla Medeiros says:

    Oi Carla, encontrei seu blog procurando por receitas de pão de queijo já testadas e aprovadas, realmente esse pãozinho ficou uma delicia. Uma outra receita que testei e ficou boa foi essa:
    - 1 lata de creme de leite com soro
    - a mesma medida de polvilho azedo
    - e a mesma medida de queijo (usei o parmesão ralado)
    Mistura tudo, faça as bolinhas e asse por 15/20 minutos.

    Eu e meu marido aprovamos essa tbm, e achei muito prática e fácil de fazer.

    Beijos

  8. Olá Carla,

    Legal saber que você preparou e gostou da receita. Obrigada pela dica da outra receita, vou testar assim que possível!

    Beijo,

  9. Olá Carla, te encontre procurando receitas de pão de queijo, vou testar hoje, depois te digo como ficou, sou carioca e moro em Recife há 15 anos. Um abração e fica na paz!

  10. Olá Roberta,

    Ah legal! Me conte depois o que achou!

    Obrigada!

    Abraço,

  11. Estes paezinhos estão fazendo sucesso aqui na França, ficaram deliciosos!!!

    Um beijo, seu blog é uma delícia!

  12. Olá Giseli,

    Que legal saber que estão fazendo sucesso por aí. Obrigada, fico feliz que tenha gostado do blog!

    Beijo,

    Carla

  13. Fiz aqui com o queijo Minas meia-cura, ficou muito bom. Quero tentar com um queijo mais forte como o Minas curado ou o parmesão para ver se fica ainda melhor, obrigado pela receita.

    P.S.: Que exercício foi mexer a massa sem batedeira, haha.

  14. Olá Leonardo,

    Legal saber que você fez e gostou!
    Realmente é um exercício sem batedeira. Foi assim que fiz a primeira receita. Mas o pão de queijo compensa.

    Abraço,

  15. Procurem “Tapioca Starch” em qualquer supermercado. Ele substitui o polvilho muito bem.

  16. Olá Maurício,

    Obrigada pela informação. Na verdade eu até já conhecia tapioca starch, mas aqui na Holanda até o momento não encontrei nos supermercados comuns. Tapioca em holandês é “cassave” e starch seria “zetmeel” ou “stijfsel”. Por enquanto só encontrei nas lojas que vendem produtos brasileiros ou portugueses. É bem possível que se encontre também em lojas que vendem produtos de outros países como Indonésia, Suriname, etc. Essas lojas aqui são chamadas de “Toko” e nelas a gente encontra muita coisa legal que temos no Brasil também.

    De qualquer maneira fica a dica pros moradores de países de língua inglesa.

    Muito Obrigada pelo comentário. :)

    Abraço,

  17. Liz Thompson says:

    Oi Carla! Adorei seu blog!
    Tambem sou apaixonada por gastronomia mas o “Chef” aqui em casa e o
    meu marido. Moro em Birmingham, uma cidade a 2 horas de Atlanta, EUA e as vezes bate aquela saudade das comidinhas brasileiras. Nessas horas vou pra cozinha mas a falta de pratica nao ajuda muito. Tenho que apelar pros sites de culinaria. Fiquei contente em encontrar aqui, dicas de substituicao de ingredientes, como corn starch por polvilho azedo (ou doce?). Aqui e comum encontrar nos supermercados um queijo branco fresco, tipicamente mexicano, mas que se assemelha muito ao queijo minas. Mas ai tem o problema do polvilho. Em Atlanta tem lojinha brasileira e sempre que vou monto um estoque de produtos brasileiros que nao encontro em outros lugares. Mas as vezes acaba antes da proxima ida a Atlanta. Suas dicas valem ouro. Vou experimentar seu paozinho de queijo amanha mesmo. Obrigada. Bjks…
    Liz

    • Oi Liz,

      Que legal que vc gosta de gastronomia também! :)

      Não sei se dá certo substituir por corn starch. Corn starch é o amido de milho ou maisena, então acho que não funciona pro pão de queijo. O que você pode usar é manioc starch (http://www.recipezaar.com/library/cassava-741) ou o “tapioca” starch que é indicação do Mauricio, a mesma coisa.

      Me conta depois como vc fez a receita e se deu certo. :)

      Obrigada!

      Beijos,

  18. Oi Carla,

    Obrigada pela dica do pão de queijo! Moro em Tóquio e não consigo achar o queijo mineiro por aqui também. Vou tentar fazê-los assim que os polvilhos forem entregues em minha casa ( que encontrei em uma loja virtual brasileira aqui no Japão…).
    Bjs,

    Catê

    • Oi Caterina,

      Que legal! Me conte depois o que achou desse pão de queijo.

      Polvilho eu só encontro aqui na Holanda em lojas de produtos brasileiros ou portgueses. Nos mercados holandeses até hoje não achei.

      Uma receita que descobri recentemente e que pode ser uma opção legal também pra você que tá morando no Japão, é um pão de queijo feito com fécula de batata. A receita foi publicada pela Akemi do blog Pecado da Gula, tirada de um livro que ela comprou em Tokio.

      http://pecadodagula.blogspot.com/2008/06/po-de-queijo-japons.html

      Beijos,

  19. NEUZA BERNARDO says:

    Oiiiiiiiiiiiiiii Carla
    amei a receita de pão 100% integral minha família está amando parabéns por esta iniciativa
    bjus Neuza
    estou procurando pão integral com leite de soja vc sabe algum
    bjus e boa sorte

    • Oi Neuza,

      Que legal que você e sua família gostaram do pão 100% integral!

      Quanto ao leite de soja, eu recomendaria você testar a mesma receita do pão 100% integral, trocando o leite em pó por leite de soja em pó. Deve funcionar.

      Se fizer, me conte depois o resultado.

      Beijos e Obrigada!

  20. Porque V. não experimenta outro queijo, fácil de achar na Europa, o Tome, ou o Tome de Savoye?
    Tenho usado em outras receitas que levam queijom curado e funciona.
    O pão de queijo leva o minas curado – que substituo com o Tome, e fresco que é o quartirolo italiano rebatizado.

    • Oi Luiz,

      Obrigada pela dica!

      Eu não conheço esse queijo então nunca reparei se ele é vendido aqui na Holanda.

      Já chequei o queijo na internet e vou ficar de olho por aqui. Se eu achar compro pra experimentar e testá-lo na receita.

      Abraço,

  21. essa receita e dica PAO de QUEIJO vai complementar esse domingo em famila…. um forte abraço

  22. Bom dia, aqui em Portugal tb foi muito complicado devido a falta do queijo minas, mas encontrei o queijo da ilha (um queijo típico dos Açores), o problema é que não cresce como os que eu fazia Brasil.
    No Brasil desde criança sempre fiz o pão de queijo com uma receitinha simples:
    - 1xicara de óleo, 2 xicaras de leite, 1 pitada de sal fervia tudo junto e depois escaldava 500g de polvilho doce e 500g de polvilho azedo e depois de morno acrescentava 500g de queijo minas e 3 ovos, os pães ficavam saborosos e quando assavam cresciam e duravam mais de 1 semana depois de assados com a mesma concistencia.
    Aqui foi dificil encontrar o polvilho, mas encontrei o doce e não encontrei o queijo minas acabando por usar o queijo da ilha que me pareceu melhor do que o parmesão já que só uso um tipo de polvilho, a receita ficou assim:
    2xicaras de leite, 1 de oleo, pitada de sal fervi e escaldei 500g de polvilho doce(experimentei 1kg mas não deu certo) depois de morno coloquei os 2 ovos e 500g de queijo da ilha ficou bom mesmo congelado é uma maravilha, mas esse pão não tem o mesmo crescimento do que fazia no Brasil.
    Como a vida de estudante no exterior traz alguns desconfortos desenvolvi uma receita bem simples (não aprecio muito pq tem que ser assado e comido logo, depois de frio fica burrachento e não fica tão gostoso), essa receita ficou assim:
    2 caixinhas de natas, 2 ovos, sal e 500g de queijo da ilha, misturei tudo ao polvilho bem misturado fiz as bolinhas e congelei para assar sempre que me apetecesse um pão de queijo. Essa ultima receita não dá para assarmos os pães e comermos no dia seguinte depois de frio é ruim.

    Já tenho minha receitinha de infância que é uma maravilha (1ª receita) e agora procuro adaptações para fazer aqui, já que meus pães aqui dão certo, mas não crescem.

    • Oi Rita,

      Obrigada por compartilhar suas receitas! :)

      Hoje mesmo eu preparei essa minha receita aqui em casa, mas usando um queijo gouda, médio envelhecido classificado como picante. Ficou delicioso! Preferimos que o parmesão.

      O negócio é ir testando. Vou experimentar sua receita original numa próxima vez trocando apenas o queijo minas pelo gouda envelhecido.

      Eu nunca testei comer os pães de queijo depois de frio. Eu asso apenas o que vamos consumir na hora e o restante eu já congelo pra assar depois, pois gosto dele bem fresquinho.

      Obrigada pelo seu comentário.

      Abraço,

  23. Carla, essa receita sua resultou em qual quantidade de paes ? Vou buscar essa semana polvilho em Amsterdam, pao de queijo ate meu marido que e’ holandes e nunca morou no Brasil sente falta !

    • Oi Anita,

      Hoje mesmo eu fiz essa receita e contei os pãezinhos. Rendeu 17 pães de queijo.

      Dessa vez fiz usando um queijo que comprei no Natuurwinkel, belegen pikant 50+. Ficou delicioso. Gostamos mais que com parmesão. Ainda quero experimentar com o Oud Amsterdam, que acho que deve ficar bom também.

      Me conta depois se gostaram! :)

      Beijo,

  24. Oi Carla!
    Parece promissora essa receita! Tentarei fazer aqui pelo Brasil, e se tudo der certo repito quando eu estiver ai pela Holanda!

    Tem alguma loja em Amsterdam ou Den Haag que voce goste mais e que tenha os ingredientes?

    • Oi Eliane,

      A gente aqui em casa adora essa receita. Já a preparei várias vezes e com outros queijos também além do parmesão, e ficou super bom. O que mais gostamos foi uma que fiz com um queijo gouda belegen pittig. Queijo gouda é o queijo básico daqui, ele em geral nem vem identificado com o nome gouda (de tão comum) e ele tem 3 categorias: jong, belegen e oud, dependendo do estágio de maturação, sendo o jong o que matura por menos tempo. Os jong são em geral mais suaves e macios e os oud mais duros e de sabor mais forte. Vindo pra Amsterdam, experimente o Oud Amsterdam, um queijo típico da cidade, delicioso, se você gosta de queijos mais picantes tipo parmesão ou pecorino. Eu já fiz a receita com o Oud Amsterdam também, mas achei que ficou muito forte.

      As vezes além dessa classificação básica, alguns vem marcados como pittig, que significa picante. Então um dia eu comprei um queijo belegen (maturação média) e pittig (picante) e usei pra fazer o pão de queijo. Ficou sensacional!

      Em Amsterdam, tem uma loja de produtos portugueses que vende os polvilhos, a Casa Bocage. Tem também uma casa de produtos brasileiros em Amsterdam, o Finalmente Brasil, que vende os polvilhos. Eu gosto mais da loja portuguesa, mas se não encontrar lá, ou se estiver mais perto do Finalmente Brasil, é uma boa opção também. Em Haia tem uma unidade da Casa Bocage, mas eu nunca estive lá. Aqui e Haia eu comprei os polvilhos numa outra loja de produtos portugueses, a Pipa.

      Casa Bocade:
      Haarlemmerstraat, 111a – 1013 EM – Amsterdam
      Tel: +31 20 427 4555
      site: http://www.adega.nl/adega.html

      Finalmente Brasil:
      Kinkerstraat, 364 hs – 1053 GG – Amsterdam
      site: http://finalmentebrasil.nl/

      A Pipa:
      Prinsestraat, 62 – 2513 CE – Den Haag
      Tel.: 070 – 3644922
      Email: info@apipa.nl

      Abraço,

  25. Oi Carla!
    Já acompanho teu blog ha um tempo [assim como o do Dani tbm] e ainda encontro receitas q não tinha visto.
    Essa receita de pão de queijo eu já salvei nos meus favoritos pra fazer quando voltar pra Holanda. Vou impressionar geral! Eheh ;P
    Você sabe de alguma loja de produtos portugueses ou brasileiros em Valkenswaard ou Eindhoven, ou perto dalí?

    Em julho, quando estive aí, a sua receita de brigadeiro me salvou! E foi sucesso entre o namorado e os colegas de trabalho dele. Pena que eu não deixei cozinhar o bastante pra enrolar, então foi de copinho mesmo :)

    Posso te dar uma sugestão? Você poderia fazer alguns posts ou uma seção no blog, de como aqueles ingredientes do dia a dia são chamados em Holandês. [eu, por exemplo, tive a maior dificuldade do mundo pra ir no supermecado e escolher uma carne, arroz ou tipo de farinha certo pra fazer bolo-rsrs. Era uma aventura vergonhosa =P] O que vc acha?

    Beijos e parabéns pelo blog!

    • Oi Manuelle,

      Obrigada pela companhia no blog. :)

      Que legal que o brigadeiro foi um sucesso!

      Infelizmente não conheço nenhuma loja em Valkenswaard ou Eindhoven. Uma dica que te dou é, tente procurar no google em holandês (google.nl) por “braziliaanse winkel” e “portugese winkel”.

      Pode me dar quantas sugestões quiser. São muito bem vindas! :)

      Eu já tenho alguma coisa nesse sentido. Tenho um glossário gastronômico aqui no blog de português/inglês/holandês. Tá incompleto ainda, mas já tem alguma coisa: http://www.entrepanelas.net/glossario-pt-en-nl/

      Baseada nas dificuldades que você encontrou, vou incluir algumas coisas. Se lembrar de outras dificuldades q teve, só dizer. Carne não tenho como ajudar muito, porque não costumo comprar então não conheço muito bem, a não ser a distinção entre vaca, carneiro, porco, cavalo.

      Beijos e Obrigada!

  26. Olá
    morro em Santiago do Chile e trouxe do Brasil povilho doce por aqui nada de mandioca e quando acha ela vem do Peru. Enfim aqui tem varios tipos de queijo mas eles sao mais macios então hj vou tentar pela primeira vez fazer pão de queijo com um tal de queijo chancho.

  27. Cris, obrigada pela receita. Meu problema aqui no Tennessee é encontrar o tal do polvilho (ambos). Talvez eu não saiba me expressar direito …

    • Oi Vera,

      Realmente o polvilho não é algo muito comum fora do Brasil. EM inglês você pode procurar por tapioca flour (é como está na receita em inglês) ou procurá-lo em casas de produtos brasileiros ou portugueses. Aqui na Holanda pelo menos, as casas de produtos portugueses sempre vendem o polvilho.

      Sem polvilho infelizmente não tem como fazer pão de queijo até onde eu saiba pelo menos!

      Boa sorte!

  28. Oi Carla! Fiz a receita ao pé da letra e ficou muito bom! A diferença é que usei um queijo do albert heijn e não sei direito a maturação e nem era picante mas mesmo assim ficou bom! Só ficou oleoso, provavelmente por causa do queijo… bjs!

    • Oi Lissa,

      Ah que legal que vc fez e deu certo! :)

      Realmente o queijo pode fazer diferença na oleosidade dele. Uma vez eu fiz com o Old Amsterdam e não gostei. Ficou muito forte e oleoso.

      O lance é ir testando os queijos. O melhor que eu fiz até hoje foi com o belegen pikant 50+ que comprei no Natuurwinkel. Esse ficou demais! :)

      Beijos,

  29. Carla,

    Se somente tem “Tapioca Flour” que mountos dissem e o mesmo que polvilho, sabe que tipo de polvilho e?

    Obrigado,

  30. Carla,

    Oi tudo bem? Eu fiz a receita mas foi tudo na mao e eu dobrei a medida dos ingredientes. O paozinho ficou lindo mas eu esqueci de dobrar a medida do sal. Ficou um pao de queijo ongezouten. Mas o tamanho dele ficou bem legal e bem crocante. O ruim e que como fiz a massa na mao ela ficou meio que grudenta foi dificil mas ainda bem que o resultado foi bem maravilhoso. Minha esposa acabou de chegar e esta comendo junto com a filhota elas gostaram da aparencia mas ela esta colocando sal. Minha filha diz que parece blowfish. Lol

    dankzij

  31. Carla,

    A receita ficou excelente o problema e que eu esqueci de colocar sal suficiente. Minha filha falou que a aparencia do pao de queijo ficou igual a um blowfish.
    Eu fiz tudo com as maos e a experiencia nao foi legal. Deu muito trabalho para agregar os ingredientes na massa na segunda etapa. Mas mesmo assim o resultado foi lindo.
    Bedankt

    Paulo

    • Oi Paulo,

      Eu já fiz essa receita na mão e a massa é realmente pesada e requer algum esforço físico. Mas acho que o resultado compensa. :) Ainda bem que o resultado pra vcs também compensou.

      Achei fofo sua filha achando que parece com blowfish, ou baiacu como chamamos em português. :)

      Agora o sal realmente faz *toda* diferença. Uma vez eu fiz essa receita e esqueci completamente de colocar o sal. Resultado: ficou absolutamente sem gosto e eu meu marido colocamos sal no pãozinho na hora de comê-lo. Mas não é a mesma coisa.

      Se tiver pique pra encarar a massa de novo, faça com a quantidade certa de sal e verá que diferença que faz.

      Fico feliz que gostaram da receita apesar do sal e do trabalho. :)

      Abraço o obrigada pelo comentário.

  32. Carla,

    Ola, ontem eu fiz pao de queijo outra vez mas segui direitinho a receita. Eu dividi em duas partes na primeira coloquei todas as medidas certas e o pao de queijo ficou quase la na medida do sal. Na segunda parte eu coloquei um pouquinho mais de sal e o resultado foi excelente. A questao e de sal a gosto eu diria ou ate mesmo a qualidade do sal. Aqui onde moramos o sal e bem insosso. Lol
    No total das duas receitas deram 40 paezinhos de queijo num tamanho bem legal.
    Quanto a maneira de fazer agora que segui a receita e bem facil e na hora de escaldar e fazer a massa nao da trablaho nao.
    Agora na hora de agregar o queijo e os ovos eu usei uma mao e a meleca foi cortada em 50%. Facil e bem simples a sua receita e o resultado e um pao de queijo profissional.

    Blijf in vrede!

    • Oi Paulo,

      Que legal que agora deu certo o sal e o modo de prepará-lo. Realmente usar apenas uma das mãos é uma boa idéia.

      E o sal, realmente há vários fatores que influenciam. Além da qualidade do sal como vc mencionou, tem o tipo de sal também. Há vários tipos de sal e eu já errei receitas provavelmente por conta disso. E no caso do pão de queijo tem mais um agravante, cada queijo tem um teor de sal diferente e dependendo do queijo utilizado, se mais ou menos salgado, a quantidade de sal na receita pode ser diferente também.

      Mas eu concordo com vc que o resultado desse pão de queijo é excelente. Aqui em casa eu faço sempre e nós adoramos! :)

      Abraço,

  33. Olá Carla! Esta receita eu não conhecia. Mas aprendi uma que é maravilhosa e super simples também:

    Ingredientes:
    - 500 gramas de polvilho azedo
    - 200 gramas de queijo parmessão (comprar o pedaço e ralar em casa)
    - 2 ovos
    - meio copo (americano) de água
    - meio copo (americano) de leite (de morno para frio)
    - meio copo (americano) de óleo de soja
    - 1 batata e meia cozida

    Modo de Preparar.

    Cozinhar a batata. Após cozida, amassá-la. Em seguida, colocar os dois ovos e mexer junto com a batata amassada.

    Misture o polvilho, o queijo parmessão ralado, o leite, o óleo e a água e uma pitada generosa de sal, junto com a batata amassada com o ovo.

    Amasse tudo muito bem! È com as mãos mesmo! Esqueça a colher! Como disse você Carla: “É na raça mesmo”.

    A massa fica super macia. Faça as bolinhas e pronto! Pode assar! Tempo para assar: Mais ou menos 30 minutos.

    Eu já fiz várias vezes. O pão cresce e fica super macio…

    Abraços.

  34. Mara Gregorino says:

    Nossa eu amei esse teu site e ja virou favoritos. Eu estou começando uma produção de pão de quijo pra vender congelado. Moro em Brasilia-DF , será que vc sabe onde posso comprar no atacado os povilhos , tb uso o doce e o azedo no meu pãozinho que modestia parte é divino. beijos e obrigado

    • Oi Mara,
      Obrigada, fico feliz que tenha gostado do blog. Desejo sucesso nas suas vendas de pão de queijo! :)
      Eu nunca sequer estive em Brasília, então não tenho como te dar nenhuma informação.
      Beijos,

  35. Oi Carla,

    Encontrei teu blog procurando receitas de pao de queijo. Moro na Africa do Sul e ha pouco tempo recebi uma amiga brasileira. Ela trouxe polvilho doce e nos fizemos pao de queijo. Depois que ela foi embora, encontrei a “farinha de tapioca” pra vender em uma loja exoterica aqui na minha cidade.
    Essa tua receita jah foi testada com essa farinha de tapioca ao invez do plvilho doce e azedo?
    Acho que vou testar hoje. Volto aqui pra contar o resultado.
    Abracos.

    • Oi Nani,

      Eu pessoalmente nunca testei com tapioca flour. No entanto a receita original, na qual me baseei pra criar essa usa tapioca flour.
      Aguardo seu comentário com os resultados. :)
      Abraço,

  36. Olá!
    Gosto muito de pão de queijo e também sinto falta deles aqui em Amsterdam. Mas onde posso encontrar o povilho, seja o doce ou azedo? Será que tem em lojas turcas?

    Obrigadinha,
    Carmen

    • Oi Carmen,
      Nos comentários acima nesse mesmo post, onde eu respondo à Eliane, você pode encontrar os endereços das lojas em Amsterdam onde você pode encontrar os polvilhos.
      Abraço,

      • Carla,
        Muito obrigada pela informação! Passei na Casa Bocade ontem, mas, ao invés do povilho, optei por trazer a mistura pronta da Yoki! Só preciso acrescentar os ovos e água! #malandroéopato! heheh..

        Goede nacht!
        Carmen

  37. eu posso fazer pão de queijo sem polvinho?

  38. eu adoro pão de queijo quando minha mãe faz eu como ate dizer chega

  39. Monica Herzer-Mitteregger says:

    Oi Carla,
    Acabei de fazer (e comer!) a sua receita de pao de queijo… ficaram maravilhosos!!!!!!!

    Estou morando na Austria ha 2 anos e, nesse tempo todo, nunca tinha feito o ‘verdadeiro’ pao de queijo, sempre usei a mistura pronta da Yoki. Mas nao tem comparaçao!!! Ficou divino! crocante por fora e macio pro dentro, como deve ser!

    Usei queijo muzarella (desses que se compra ralado grosso, pra pizza) pq nao posso comer o parmesao (tenho intolerancia a histamina, presente nos queijos ‘duros) e acrescentei na massa azeitonas verdes, picadinhas no processador :-)

    Muito obrigada pela receita! Ja tenho um bom estoque congelado pra impressionar a familia Austriaca com as delicias da culinara brasileira.

    Abraço,
    Monica

  40. nossa que daora fazer bolinhos de queijo mais é um pouco dificil o modo de preparar mais é daora D+!

  41. leidiana says:

    fiz a receita e a massa ficou homogenia,o como faço para fazer bolinhas pra congelar

  42. Vou experimentar essa receita, de longe foi a que mais me conquistou principalmente podendo usar a batedeira.
    Mas infelizmente (burrinha:) não entendi direito o que é: batedor para massas densas (é o de bolo normal?)
    Batedor de gancho: é o de gancho, claro:) lol.
    A minha batedeira só tem 2 tipos. Deve ser isso né?
    Hehehe
    Obrigado!!!

  43. Raquel Vieira says:

    Estava procurando uma receita de pão de queijo que levasse polvilho doce e azedo e achei seu blog. Segui sua receita direitinho achei que a massa ficou meio mole adicionei um pouco mais de polvilho e ficou boa, acho que é por causa da xicara que tenho :) os paezinhos ficaram otimos.

  44. Olá, fiz a receita e tive que jogar fora. Ficou muito salgada. :( Acho que depende do parmesao e daí da pra dispensar a colher de chá de sal. De repente fica bom se misturar muzzarella com parmesao, sei la.
    Abraços Fernanda

    • Oi Fernanda,
      Que pena que não deu certo. Lamento muito.
      Realmente o resultado depende do queijo utilizado. Já fiz esse pão de queijo com parmesão e sem o sal e ficou sem gosto nenhum. E já fiz com um queijo chamado Old Amsterdam e ficou muito forte e salgado. Em geral funciona melhor com um queijo meio termo, nem muito forte, nem muito suave, ou com uma mistura mesmo de um mais forte com um mais suave.
      Sabe que uma vez quase joguei uma panela de risoto fora porque troquei o parmesão por pecorino sem perceber q o pecorino era muito mais forte e salgado. Deu pra comer, mas ficou salgado.
      Vou inclusive atualizar a receita com essas informações.
      Obrigada pelo feedback.
      Abraço

  45. Elisabete says:

    Como eu posso disfarçar o sabor (e/ou odor) do polvilho azedo?

    Fiz a receita, ela fica bem, gosto dos pães, mas aquele sabor/odor só consigo comer um pão, os seguintes é já com algum “esforço”.
    Se eu usar um queijo de sabor mais forte, ou colocar mais queijo, será que consigo disfarçar isso?

    • Oi Elisabete,
      Se vc não gosta do polvilho azedo, tenta reduzir a qtde dele substituindo pelo polvilho doce, ou teste fazer apenas com o polvilho doce.
      Não posso garantir o resultado, pois nunca fiz assim, mas teste e veja se fica bom.
      Abraço

  46. Receita, aprovada. Fiz e adorei!
    Ficaram maravilhosos os pães de queijo heeeeee
    bjos

  47. hummm vou fazer…..A receita original manda fazer as bolinhas um pouco maiores porque a tapioca flour nao cresce como o polvilho

Trackbacks

  1. [...] esta receita e resolvi testar (fiz algumas modificações, pois não tenho batedeira aqui):  http://www.entrepanelas.net/2009/02/18/pao-de-queijo/ [...]

  2. [...] preparar algo brasileiro pra uma amiga austríaca que está vivendo na Holanda. Pensei em fazer pão de queijo, mas a lojística de ter que assá-lo na hora não permitiria. Assim, pensei no Brigadeiro, simples [...]

  3. […] queijo é muito fácil e rápido de preparar, é feito no liquidificador. Eu já publiquei aqui uma receita de pão de queijo feita no método tradicional, e agora o Daniel traz pra vocês essa opção super prática que […]

Speak Your Mind

*