Salada de Cuscuz Marroquino

Salada de Cuscuz Marroquino

A primeira vez que ouvi falar sobre Cuscuz Marroquino foi com minha amiga Aline. Ela me contou que havia descoberto um cuscuz diferente e que era muito bom. Ela inclusive publicou como prepará-lo em seu blog. Desde então fiquei curiosa, mas foi um longo tempo até que decidi prepará-lo.

Confesso que foi após ter comido uma salada do tal cuscuz na casa de um amigo e ter visto a facilidade do preparo e o quão gostoso era, me animei e na mesma semana fiz minha própria salada.

O método de preparo que usei foi diferente do que a Aline indica em seu texto. Eu segui as orientações da embalagem porque achei mais fácil. Mas ainda irei prepará-lo seguinto a sugestão dela para ver o resultado.

Cuscus Marroquino Cuscuz Marroquino

Posso dizer que o cuscuz marroquinho é uma ótima opção para refeições, muito versátil e saboroso. Você pode preparar essa salada com uma grande variedade de ingredientes. Excelente opção para um prato vegetariano. Se você gosta de carnes ele também funciona bem como acompanhamento.

Curioso sobre o cuscuz é que em São Paulo o prato que conhecemos por este nome não tem nada a ver com o marroquino e na Europa quando se fala cuscuz é sinônimo do marroquino. Pesquisando um pouco sobre ele, há variações do prato no Brasil e no nordeste é diferente por exemplo do que preparamos em São Paulo.

Vale dizer que adoro a variação paulista do prato. Nunca preparei, mas este é mais um dos pratos que está na minha lista. Assim que o fizer, dando certo, será aqui publicado.

Salada de Cuscuz Marroquino

Uma curiosidade sobre este prato é que quando experimentei pela primeira vez a salada continha rabanete. Admito que este era um dos poucos itens na minha lista “não gosto muito”. Mas como eu era convidada na casa de um amigo pela primeira vez, obviamente não me manifestaria contra o ingrediente uma vez que eu já havia expressado uma restrição à carne vermelha. O rabanete foi preparado refogado no azeite, o que era total novidade pra mim, pois sempre conheci ele em saladas cru. Enfim, fui eu comer a salada já esperando que não gostaria tanto devido à presença do dito cujo, mas tive uma supresa muito agradável ao descobrir que na verdade eu gosto muito de rabanete cozido! Achei o máximo porque este passou a ser mais um legume a integrar minha lista de compras. hehe

Gostei tanto que ele está na minha versão da salada. Segue abaixo a receita que criei e preparei baseada na que meus amigos fizeram.


[1] Queijo feta é um queijo grego preparado com leite de cabra e ovelha. Ele é um queijo fresco, lembra levemente o queijo branco fresco no Brasil, mas é mais forte em sal e tem o sabor mais acentuado. A textura lembra mais a do queijo gorgonzola embora não se assemelhe nada em sabor. Um bom substituto para ele talvez fosse um queijo mineiro levemente curado, num estágio mais macio antes dele ficar mais duro em seu estágio curado. Algum outro queijo de cabra talvez funcione bem também. Agora claro, eu sempre sou a favor se se substuir por qualquer queijo que lhe agrade e que você imagine que caia bem nessa salada.

Referências:

About Carla Duclos

Carla Duclos é uma brasileira morando em Amsterdam desde 2007. É formada em biologia e trabalha como administradora de sistemas Unix. Casada e mãe de uma linda garotinha. Apaixonada por Gastronomia, compartilha sua paixão e o que aprande aqui no Entre Panelas.

Comments

  1. Eu experimentei isso aqui também. É muito bom. Parece um macarrão chumbinho, mas bem mais leve e fininho.
    Essa receita desse ficar muito boa, vou tentar.
    Fica gostoso temperar a salada com um pouquinho de menta tb.

  2. Erika,

    Nós também gostamos muito. Tente essa salada sim. É muito prática e muito gostosa!

    Adorei a sugestão da menta. Vou experimentar! :)

  3. carla, gostaria de saber qual a marca do seu cuscuz? obrigada

Speak Your Mind

*