Pão 100% integral – Agora feito a mão

Pão 100% integral

Estou aqui para contar que o mesmo pão 100% integral que publiquei aqui no Entre Panelas anteriormente e que preparei utilizando uma batedeira planetária, foi novamente preparado por mim mas agora sem a batedeira e posso dizer que o resultado foi excelente! :)

Assim, aqueles que querem preparar um pão 100% integral, mas que não possuem uma batedeira planetária, podem fazer o pão a mão tranquilamente que dá super certo.

Bem, o modo de preparo indicava que se batesse a massa na batederia por 10 minutos. O que eu fiz foi meio que sovar a massa por 10 minutos. Eu fiz isso na tijela mesmo e não utilizando uma bancada. Fiz com minhas mãos o que o gancho da batedeira faria. hehehe Claro que meus braços não tem a mesma velocidade que a batedeira, mas isso não comprometeu em nada o resultado.

Se você tiver a batedeira te poupará o trabalho de mexer a massa por 10 minutos, mas se você não tem, não se acanhe e mãos à massa!

Referência:

A receita pode ser encontrada em:

http://www.entrepanelas.net/2007/10/16/pao-integral-e-professional-baking/

Pão 100% integralPão 100% integral

Pão 100% integralPão 100% integral

Compartilhe...
Share on Facebook0Share on Google+0Pin on Pinterest0Tweet about this on Twitter0Email this to someone

Receba mais receitas no seu email!

Receba gratuitamente em seu email as receitas e mais conteúdo exclusivo!

Comments

  1. says

    Hum, a cara dele ficou ótima. Aliás, estou com o leite em pó desnatado aqui, só esperando para ser usado nesta receita. Em breve, voltarei para dizer como ficou. 😉

    Por falar em sovar massa, tive uma experiência legal preparando apfelstrudel, recentemente. A massa dele é bem delicada e precisa ser trabalhada à mão. Não existe a possibilidade de se fazer com batedeira, liquidificador etc. A minha mãe tem mãos fortes e vai amassando mesmo. Eu já achei que fazendo como minha avó era mais fácil: jogando a massa com bastante força na bancada. A massa ficou macia e deliciosa para trabalhar depois. Além de tudo, é ótimo para os braços. O negócio é ir revezando: braço esquerdo, direito, esquerdo, direito… heheh.

    Um beijo!

  2. says

    Carla, vou provar o pão, mas na panificadora que acabo de me dar. Apesar de ter que clicar 3 vezes e (por aqui) esperar uns 10 minutos para cada uma delas abrir, valeu. Obrigada. bj

    • says

      Entre panelas, achei por acaso este blog e só busco receitas nele, ja sou seu fã de carteirinha. Obrigado por trazer tanta coisa gostosa para nós.
      Por falar em coisa gostosa, fiz uma maionese “natureba” usando abacate maduro como base, leva sal a gosto, alho, cebola, azeitona e temperos verdes a gosto, tudo isto regado com uma bosa dose de azeite extra virgem. fica uma delicia e é saudavel. Como o abacate é calorico, serve para quem precisa ganhar uns quilinhos a mais.rs.
      Paulo Vasques, de Poços de Caldas – MG.

  3. Rebecca says

    Olá Carla,m
    estou adorando o blog….acabeid e me conectar atraves do site de seu marido.
    Me mudei agora para Rotterdam e vi acima que vc tinha muita dificuldade com o forno elétrico e eu estou tento MUITA dificuldade…rsrs…Como essa receita acima faz mais de 3 anos voc&e já deve ter entendido melhor do seu nao é ? rsrsrs…mesmo pq aqui tem coisas de dar água na boca!! Tem alguma dica para me dar ao fazer bolo e essas coisas que precisam crescer? Tudo meu fica embatumado….nao cresce…queima por fora e fica cru por dentro…..
    Muito obrigada!!

  4. Wagner Rodrigues says

    Carla, eu preparei a massa do pão em uma máquina Britania e deu super certo, também. A única modificação é que troquei o açúcar por duas colheres de sopa de açúcar mascavo e acrescentei uma colher de chá de melhorador pois o dia aqui na terra brasillis estava bem parecido com um tórrido verão holandês, ou seja, frio e úmido, rs. Agora, vou repetir a receita atendendo a muitos pedidos. Abração e parabéns pelo blog…

Trackbacks

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *